Pages

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Capitulo 86

Pouco tempo;

Pouco tempo
Pouca idade
Muitos planos
Muitas idéias
Muitos problemas
Pouca executabilidade
Pouca Maturidade
Muita vida
Muito tempo para tudo que quero fazer
Muito tempo para viver com você
Pouco tempo para ir
Nunhum tempo para voltar
O relógio vai tique-tique taqueando rápido
E para que o tempo não te leve de mim
Ou não me afaste de você
Aos poucos vou eternizar, nosso amor, e nossos planos
Em forma de poema para um dia me lembrar de te contar
E pode acreditar; se tudo der certo, não iremos rir de tudo isso.

3 comentários:

Luuh disse...

Muito lindo.

O tempo é pouco mesmo, e nada melhor q um poema para eternizá-lo. ^^

leeeeets (: disse...

me identifiquei em algumas partes, HM
*-*

Lhyl disse...

Sou bem leiga em questão de poemas e tals, mas cada vez que eu leio alguma post novo aqui bate um orgulho no peito =]